Proteção Civil regista 19 ocorrências relativas a pequenos estragos

Proteção Civil regista 19 ocorrências relativas a pequenos estragos

 

Lusa/AO online   Regional   15 de Jan de 2016, 11:35

A Proteção Civil dos Açores já registou esta sexta-feira 19 ocorrências na sequência da passagem do furacão Alex', nas ilhas dos grupos central e oriental, mas referem-se todas a pequenos estragos, segundo o presidente do organismo.

"Em termos de ocorrências relacionadas com o evento meteorológico adverso furacão classe 1 ‘Alex’, temos 19 ocorrências registadas, neste momento, em que a sua maioria são quedas de árvores no grupo oriental, três inundações em habitações sem qualquer tipo de necessidade de realojamento e algumas derrocadas também no grupo central e oriental", adiantou aos jornalistas o presidente do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, José Dias, em Angra do Heroísmo, pouco depois das 11h00.

O responsável salientou que não se registou "qualquer tipo de danos de estruturas críticas de habitações", não havendo por isso "necessidades de realojamento", e acrescentou que há vítimas.

"As medidas preventivas tomadas por toda a população e agentes da Proteção Civil estão a dar os seus resultados pelo número reduzido de ocorrências, mas como digo iremos continuar a avaliar e a acompanhar", frisou.

José Dias disse que a Proteção Civil e os bombeiros dos Açores vão manter-se em alerta até vigorar o aviso do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), previsto até às 18:00 locais, mas admitiu que "poderá haver um decréscimo de intensidade do fenómeno", por volta das 15:00.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.