Projeto empreendedor prepara jovens açorianos para enfrentarem desafios

Projeto empreendedor prepara jovens açorianos para enfrentarem desafios

 

Lusa/AO Online   Regional   29 de Mai de 2015, 19:47

A diretora regional da Juventude dos Açores defendeu hoje que o programa "Educação Empreendedora: o Caminho do Sucesso" vai dotar os jovens açorianos de ferramentas para enfrentar as mutações sociais em curso, por via do empreendedorismo.

“Este é um projeto que a médio e a longo prazo terá efeitos muito benéficos para os jovens açorianos. De imediato, não se verificará quais são as consequências do projeto, mas tenho quase a certeza de que teremos jovens muito mais empreendedores”, declarou à agência Lusa Pilar Damião.

Pilar Damião presidiu hoje, no polo de Ponta Delgada da Universidade dos Açores, à entrega de prémios do Concurso IdeiAçores, integrado no programa “Educação Empreendedora: o Caminho do Sucesso”, uma iniciativa do Governo dos Açores que conta com o apoio da Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA).

A titular da pasta da Juventude do executivo açoriano explicou que a atitude empreendedora “não passa necessariamente pela abertura de um negócio, mas sim, essencialmente, por uma mudança de atitude face a uma sociedade de contornos completamente distintos”.

“Este projeto tem toda a capacidade de adequar esses jovens em virtude do seu espírito empreendedor”, declarou Pilar Damião, que acrescenta que se pretende transmitir aos jovens que poderão ultrapassar com sucesso os desafios com que são confrontados.

O programa “Educação Empreendedora: o Caminho do Sucesso” envolveu ao longo do ano letivo 2500 jovens,90 professores e 42 escolas, de acordo com a diretora regional da Juventude, que acrescentou que o Concurso IdeiAçores reuniu 86 participantes e 29 escolas.

O Concurso IdeiAçores começou em setembro com uma formação para os professores em várias áreas, tendo sido introduzido este ano uma área de empreendedorismo social, seguida de várias visitas de acompanhamento aos professores e alunos das 42 escolas que estiveram envolvidos.

O vencedor do concurso no segundo ciclo foi a Escola EBI das Furnas, com um projeto dos alunos Rodolfo Medeiros e Carla Rego, que envolveu a professora Elsa Gouveia.

No terceiro ciclo, venceu a escola EBI de Rabo de Peixe através dos alunos Alberto Silva e Ruben Oliveira, num projeto que envolveu também o professor Pedro Sousa.

Finalmente, na categoria do secundário e ensino profissional, venceu a Escola Profissional do Pico com o projeto dos alunos Fernando Pedro e Mariana Silveira, que contaram com o apoio do professor José Azevedo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.