Português será hoje deportado do Canadá após cumprir pena por crime sexual


 

Lusa/AO Online   Nacional   9 de Mar de 2016, 16:22

Um emigrante português vai ser deportado do Canadá após ter cumprido 28 meses de prisão por um crime de natureza sexual, revelou hoje o canal estatal canadiano.

 

Segundo a CBC, o homem de 53 anos, residente em Winnipeg, na província do Manitoba, sudoeste do Canadá, vive no país há 43 anos.

Em 2009, quando trabalhava numa empresa de manutenção de limpeza e de construção, "agrediu sexualmente um colega de trabalho".

Como nunca adquiriu a cidadania canadiana, após ser condenado criminalmente, foi ordenado ao residente permanente que regresse ao país de origem.

Na terça-feira, o advogado que representa o cidadão português, Joshua Slaven, apresentou um pedido de emergência ao Tribunal Federal para anular a decisão de deportação, mas "não teve êxito".

Sem família próxima em Portugal, o emigrante deixa em Winnipeg três filhos, irmãos e mulher.

O voo de regresso a Portugal está agendado para as 14:00 (20:00 de Lisboa) de hoje.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.