Novo cais marítimo da Horta vai concentrar transporte de passageiros e turistas


 

Lusa/AO online   Regional   27 de Jul de 2012, 19:33

O novo cais marítimo da cidade da Horta, que será inaugurado sábado pelo presidente do Governo Regional, vai concentrar todo o transporte de passageiros e turistas, separando-os da área das mercadorias.

A obra, que custou cerca de 47 milhões de euros, foi construída na freguesia da Conceição, do lado oposto da cidade em relação ao atual porto comercial, e integra um novo terminal de passageiros, parque de estacionamento para 132 viaturas, 30 táxis e autocarros.

Segundo referiu à agência Lusa Fernando Nascimento, presidente da sociedade anónima "Portos do Açores", que gere as infraestruturas portuárias da região, o novo terminal oferece "condições excecionais" para acolher passageiros.

A nova infraestrutura inclui um cais acostável com 280 metros de comprimento, destinado aos navios da Atlânticoline (que asseguram o transporte de passageiros e viaturas no arquipélago), e um cais interior, de apenas 100 metros, para os barcos da Transmaçor (que fazem as ligações entre as ilhas do Faial, Pico e São Jorge).

Apesar da dimensão da obra, o novo cais tem sido alvo de algumas críticas, por alegadamente não permitir a operação com os grandes navios de turistas que fazem escala na ilha, devido ao calado (- 6 metros).

Fernando Nascimento garante, no entanto, que a empreitada de dragagem interior do novo cais (que está a aguardar visto do Tribunal de Contas), vai permitir chegar aos - 8,5 metros.

Segundo explicou, com essa profundidade, "todos os navios de turistas que já fizeram escala no porto da Horta, nos últimos três anos, vão poder atracar no novo cais de passageiros".

Numa segunda fase, estão previstas obras de reordenamento da bacia sul do porto comercial, com separação da área das pescas, a criação de espaços para mega-iates e a criação de espaços para reparação naval.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.