Município do Nordeste protesta contra fecho de urgências durante a noite

Município do Nordeste protesta contra fecho de urgências durante a noite

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Jul de 2014, 08:31

A Assembleia Municipal do Nordeste, na ilha de São Miguel, aprovou um voto de protesto contra o encerramento das urgências locais durante a noite, medida que entrou em vigor hoje.

O voto foi levado à assembleia pelo PS, o mesmo partido do Governo Regional dos Açores, responsável pela decisão do encerramento do serviço de atendimento permanente no centro de Saúde do Nordeste entre a meia-noite e as 08:00.

Segundo um comunicado hoje divulgado, o texto, aprovado por maioria, manifesta preocupação com o encerramento das urgências noturnas, lembrando que o concelho tem uma "população envelhecida" que pode ter dificuldades em usar o novo serviço de 'call center' da saúde criado pelo executivo regional.

O fecho das urgências durante a noite entrou hoje em vigor e abrange mais dois concelhos da ilha de São Miguel: Vila Franca do Campo e Ribeira Grande, cujas assembleias municipais também aprovaram votos de protesto.

Nestes dois casos, os votos foram propostos pelo PSD, que tem maioria na Ribeira Grande.

Em Vila Franca do Campo, onde a maioria é socialista, o protesto foi aprovado também com votos favoráveis de deputados do PS.

Já o voto de protesto aprovado no Nordeste foi uma iniciativa dos deputados do PS, que tem maioria na assembleia e no executivo municipal.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.