Município das Lajes das Flores tenta alientar pela terceira vez antiga pousada

Município das Lajes das Flores tenta alientar pela terceira vez antiga pousada

 

LUSA/AO online   Economia   28 de Out de 2016, 16:31

O município das Lajes das Flores, nos Açores, vai tentar pela terceira vez alienar uma antiga pousada da vila, com o objetivo de ser criado um novo alojamento turístico, uma vez que "o último concurso não teve interessados"

"Vamos fazer uma nova tentativa de alienação por um preço mais baixo e a decisão já foi aprovada em reunião de Câmara, na semana passada”, disse hoje o presidente da Câmara Municipal das Lajes das Flores, Luís Maciel, em declarações à agência Lusa, acrescentando que o preço base de venda será de 70.000 euros.

A primeira tentativa de venda deste imóvel, cuja data o autarca não precisou, terminou com a anulação do concurso público, que previa também o arrendamento de antigos apartamentos da Rádio Naval.

“Como englobava a venda do imóvel e o aluguer do outro, houve uns problemas que acabaram por levar ao cancelamento do concurso”, explicou.

Em outubro de 2015, o município lançou um segundo concurso público para alienação, por 135.000 euros, da pousada, anexos e terrenos, mas, segundo Luís Maciel, "não apareceram interessados".

"Agora, o município decidiu voltar a fazer uma nova tentativa de venda, fixando um preço base mais baixo, na ordem dos 70.000 euros", acrescentou.

Há um ano, o autarca adiantou que a Pousada da Vila das Lajes das Flores foi construída pelo Governo Regional na década de 1960 e o executivo açoriano acabou por transferir a propriedade do imóvel para a Câmara Municipal, “há mais de uma década”.

A pousada, referiu, "está a degradar-se muito e a desvalorizar-se" e o objetivo é que a iniciativa privada revitalize o imóvel "o quanto antes", transformando-o num alojamento turístico.

Segundo o autarca, a unidade funcionou durante alguns anos e tem estado fechada.

O concelho das Lajes das Flores não dispõe de nenhum hotel, embora tenha outro tipo de unidades de alojamento, sobretudo na área do turismo rural e dos alojamentos particulares.

Para o autarca, esta é "uma lacuna" que urge colmatar, destacando que o concelho vizinho de Santa Cruz das Flores dispõe de três hotéis.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.