Mais de 700 quilogramas de lixo retirados do mar na Horta

Mais de 700 quilogramas de lixo retirados do mar na Horta

 

Lusa/AO Online   Regional   21 de Nov de 2015, 16:17

Cerca de 710 quilogramas de lixo foram hoje retirados do fundo do mar, na Horta, Faial, Açores, incluindo garrafas de vidro com mais de 20 anos e que serão utilizadas na construção de uma árvore de Natal.

“Ao todo, retirámos do fundo do mar 710 quilogramas de lixo, isto numa área de 200 metros quadrados, que é uma área relativamente pequena para muito lixo”, disse à agência Lusa Carla Dâmaso, do Observatório do Mar dos Açores (OMA) que promoveu hoje, em parceria com a Associação de Produtores de Espécies Demersais dos Açores (APEDA), a campanha Limpa (a) Fundo.

A ação, integrada nas Comemorações do Dia Nacional do Mar, que se assinalou a 16 de novembro, e na Semana Europeia dos Resíduos contou com o envolvimento de "mais de 150 voluntários", que fizeram a limpeza no cais de pesca comercial do Porto da Horta, uma zona "muito movimentada".

Segundo Carla Dâmaso, entre o lixo retirado estão "310 quilogramas de vidro que irão para reciclagem, 290 quilogramas de lixo indiferenciado, sobretudo aparelhos de pesca e metal, e ainda 100 quilogramas de pneus e dez de plásticos de embalagens, que seguirão para reciclagem".

Segundo esta responsável, na ação de hoje foi recolhido "menos de metade da quantidade de lixo" retirado noutras iniciativas anuais em locais diferentes no porto da Horta.

“Estamos a falar de muitos anos de acumulação. Trata-se de uma zona muito movimentada com barcos e as próprias hélices das embarcações levantam do fundo do mar este lixo e ele vem à superfície", explicou, revelando que nesta ação de limpeza foi possível identificar "garrafas de vidro que não são comercializadas há mais de 20 anos".

A novidade deste ano "é o facto de, pela primeira vez, e por forma a cumprir o tema da Semana Europeia dos Resíduos 2015 – “Desmaterialização: fazer mais com menos”, os resíduos recolhidos virem a ser utilizados para a construção de uma árvore de Natal “gigante”, porque foram recolhidas cerca de 1.300 garrafas de vidro", indicou.

As garrafas de vidro, segundo explicou, foram previamente lavadas e antes de seguirem para reciclagem serão utilizadas na elaboração desta árvore que ficará exposta junto ao Clube Naval da cidade da Horta.

No seu entender, os cidadãos "estão cada vez mais alerta" para esta temática do lixo marinho, como prova o fato de se terem voluntariado "mais de 150 pessoas" para esta ação de limpeza.

Durante a iniciativa foram também entregues os prémios do Lixo Zero no Mar dos Açores: Concurso de Recolha de Lixo Marinho pela Frota Comercial de Pesca.

A ação de limpeza contou com o apoio da Câmara Municipal da Horta, Clube Naval, Capitania, Governo Regional, Bombeiros Voluntários da Horta, Universidade dos Açores, Portos dos Açores e várias empresas ligadas à atividade marítima.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.