João Paulo Corvelo é o cabeça de lista da CDU pelas Flores

 João Paulo Corvelo é o cabeça de lista da CDU pelas Flores

 

Lusa/AO Online   Regional   5 de Set de 2016, 19:32

O médico veterinário João Paulo Corvelo, militante do PCP, de 35 anos, é o cabeça de lista da CDU pelo círculo das Flores às eleições legislativas regionais dos Açores, a 16 de outubro, anunciou hoje a coligação.

À agência Lusa, João Paulo Corvelo considerou ser a “única voz alternativa para que os florentinos sejam ouvidos” no parlamento regional, referindo que a ilha das Flores “em nada tem beneficiado com a eleição dos dois deputados pelo PS”.

“Chegou o momento de as pessoas das Flores darem um voto de confiança a quem quer trabalhar com seriedade, honestidade e competência na defesa dos interesses da ilha a nível regional”, disse o candidato.

O militante comunista adiantou que não vai defender “nenhuma força política na Assembleia Legislativa Regional”, mas os “interesses das Flores” e da sua população.

O candidato reconheceu que “há obra feita pelo PS e bem feita”, mas existem “muitas situações de projetos mal feitos”, exemplificando com a lixeira das Lajes das Flores, “em que os plásticos estão a emergir, bem como com as piscinas de fisioterapia em Santa Cruz das Flores”.

João Paulo Corvelo apontou ainda o exemplo de uma escola em Santa Cruz das Flores que se encontra com fendas, bem como os “graves problemas” que existem nos transportes e na saúde.

O candidato da CDU pretende “ouvir todos os florentinos para fazer chegar ao parlamento regional os seus problemas”.

Nos Açores, onde o PS governa há 20 anos, há nove círculos eleitorais, coincidentes com cada uma das ilhas, e um círculo regional de compensação.

Em 1988, a CDU elegeu pela primeira vez um deputado pelas Flores, Paulo Valadão, tio do atual cabeça de lista e que se manteve no parlamento durante 16 anos consecutivos.

Nas últimas eleições regionais, a 14 de outubro de 2012, o PS elegeu 31 dos 57 lugares na Assembleia Legislativa dos Açores, enquanto o PSD, o maior partido na oposição, conquistou 20 mandatos.

O CDS tem três deputados no parlamento regional, enquanto BE, PCP e PPM conseguiram um mandato cada.

O deputado da CDU foi eleito pelo círculo de compensação.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.