Instituto de Língua Portuguesa lança portal do professor com materiais para ensino e aprendizagem


 

Lusa/AO Online   Nacional   9 de Set de 2016, 08:28

O Instituto Internacional de Língua Portugal (IILP) lançou o Portal do Professor, uma plataforma online que disponibiliza aos docentes centenas de materiais didáticos para o ensino e aprendizagem do português como língua estrangeira e não materna.

 

O Portal do Professor de Português Língua Estrangeira/Língua Não Materna (PPPLE), que poderá ser consultado no endereço www.ppple.org, é um projeto do IILP, mas desenvolvido pela Sociedade Internacional de Português Língua Estrangeira (SIPLE).

Considerado como um dos projetos estratégicos do IILP, o portal consta do Plano de Ação de Brasília (2010), saído da I Conferência Internacional sobre o Futuro do Português no Sistema Mundial, que atribuiu ao instituto "a tarefa de criar uma Plataforma comum na internet, relativa ao ensino do português".

Após a assinatura de um acordo de cooperação técnica com a SILPE, o projeto começou a ser desenvolvido em 2013 e hoje foi apresentado na cidade da Praia por Edleise Mendes e Viviane Furtoso, presidente e vice-presidente da sociedade portuguesa, respetivamente.

Funcionando como um instrumento de cooperação linguística entre os Estados-membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), o portal já conta com materiais didáticos produzidos em Angola, Brasil, Moçambique, Portugal e Timor-Leste.

Segundo as responsáveis, Cabo Verde está neste momento em processo de produção dos conteúdos, enquanto Guiné-Bissau e São Tomé Príncipe estão em fase de planeamento e organização dos conteúdos que irão submeter ao portal.

Apesar de o público-alvo ser o professor de português, os materiais destinam-se também ao público em geral e a grupos específicos, como os falantes de herança, crianças e jovens, falantes de chinês, de espanhol, de línguas e sinais e refugiados.

Durante a apresentação, Edleise Mendes indicou que até ao momento o portal já conta com 720 unidades didáticas e 1.440 horas de aulas que irão ajudar os professores no ensino e aprendizagem do português em qualquer parte do mundo.

Desde o lançamento oficial do projeto, em outubro de 2013, a presidente da SILPE avançou que o portal, gratuito, conta com aproximadamente 8 mil professores registados e mais de 333 mil visitas de 134 países.

Por isso, entende que o site, que estará em constante atualização, poderá funcionar como um instrumento de fazer política linguística, na difusão de abordagens e métodos de ensino-aprendizagem, projeção de ideais e ideologias, formação de professores, promoção, difusão e projeção da língua portuguesa.

Em declarações à agência Lusa, a diretora-executiva do IILP, Marisa Mendonça, destacou a importância do portal, dizendo que contém uma série de recursos para o ensino da língua portuguesa em qualquer um dos países.

"É uma forma de promover a língua portuguesa porque os materiais didáticos podem ser utilizados por qualquer professor em qualquer parte do mundo. É uma forma de a língua portuguesa poder chegar aos diferentes países", salientou, indicando que durante esta semana o IILP realiza na cidade da Praia o seu 6.º curso para capacitar professores que irão elaborar materiais para ser introduzidos no portal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.