Hotéis de Ponta Delgada com taxa de ocupação de 90% para Santo Cristo

Hotéis de Ponta Delgada  com taxa de ocupação de 90% para Santo Cristo

 

Lusa/AO Online   Regional   7 de Mai de 2015, 18:45

O secretário regional do Turismo e Ambiente dos Açores disse hoje que Ponta Delgada está com taxas de ocupação hoteleira na ordem dos 90% devido às festas do Santo Cristo, que arrancam sexta-feira em São Miguel.

“Estamos com taxas de ocupação na hotelaria na ordem dos 90%”, afirmou à Lusa Vítor Fraga citando uma informação da delegação regional da Associação de Hotéis de Portugal, acrescentando que isso “mostra bem” a procura da região por ocasião das festas do Santo Cristo.

O titular da pasta do Turismo nos Açores, que recebeu hoje, em Ponta Delgada, o provedor da Irmandade do Santo Cristo dos Milagres, sublinhou que este evento “tem uma importância muito relevante para os Açores, não só pelas festas em si, mas por aquilo que representam em termos de captação de pessoas para a ilha de São Miguel nesta altura do ano”.

Apesar de preferir aguardar pelo final do ano para falar de números de visitantes, Vitor Fraga admitiu ainda acreditar que 2015 “será um ano recorde em termos da presença de turistas”.

Convicção que, segundo o secretário regional, está relacionada com o otimismo que o setor revela neste momento e pela capacidade atual da região de gerar fluxos turísticos, resultado de um trabalho que considera ter sido desenvolvido ao longo dos anos por entidades públicas e privadas.

Vítor Fraga adiantou que o Governo dos Açores disponibilizou 30 mil euros para as festividades do Santo Cristo, além do habitual apoio logístico, considerando que este evento religioso já constitui um importante cartaz dos Açores em termos religiosos.

Por seu lado, o provedor da Irmandade do Santo Cristo dos Milagres defendeu a necessidade de “criar mais infraestruturas nos Açores que possam potenciar o turismo religioso” no arquipélago, designadamente na ilha de São Miguel.

Para Carlos Faria e Maia, o santuário do Santo Cristo dos Milagres tem de ter apoios aos peregrinos, lembrando que esta é uma responsabilidade da diocese de Angra e Ilhas dos Açores.

O provedor da Irmandade do Santo Cristo dos Milagres afirmou ainda que espera mais pessoas nas festas religiosas do Santo Cristo este ano devido à entrada das companhias aéreas “low cost” no mercado açoriano.

Milhares de pessoas deslocam-se anualmente a Ponta Delgada para assistirem às festas do Santo Cristo dos Milagres, designadamente emigrantes açorianos oriundos dos EUA e do Canadá, mas também do continente e das restantes ilhas dos Açores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.