Hillary agradece nomeação histórica, Bill Clinton fala numa "líder natural"

Hillary agradece nomeação histórica, Bill Clinton fala numa "líder natural"

 

Lusa/AO Online   Internacional   27 de Jul de 2016, 08:50

A ex-secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton agradeceu hoje a sua nomeação histórica como candidata à Presidência dos EUA pelo Partido Democrata enquanto o marido, Bill Clinton, a considerou uma "líder natural".

Hillary Clinton, de 68 anos, tornou-se na terça-feira na primeira mulher a ser nomeada candidata à Casa Branca por um grande partido norte-americano e fez uma intervenção surpresa na convenção nacional do Partido Democrata, horas depois, através de videoconferência, para agradecer aos apoiantes e dirigir-se às jovens do país.

"Se algumas meninas ficaram acordadas até tarde para ver [a nomeação], deixem-me dizer-vos que eu posso vir a ser a primeira mulher Presidente [dos EUA], mas uma de vocês será a próxima", afirmou Hillary Clinton.

A candidata à Casa Branca agradeceu a nomeação, que disse ser uma "honra incrível".

"Que dia e que noite extraordinários", afirmou, falando num momento "sem precedentes" para as mulheres.

"Obrigada a todos vocês e a todos aqueles que lutaram para que isto fosse possível", acrescentou, na mensagem que dirigiu à convenção democrata, reunida em Filadélfia.

Pouco antes, o ex-Presidente norte-americano e marido de Hillary Clinton, Bill Clinton, tinha feito uma intervenção na convenção em que lembrou e contou alguns episódios da vida do casal, incluindo a forma como se conheceram e as duas vezes que Hillary recusou o seu pedido de casamento.

Bill Clinton disse que Hillary é "uma líder natural" e dirigiu-se aos latinos e muçulmanos, alvos do discurso do candidato do Partido Republicano à Casa Branca nas eleições de 08 de novembro, Donald Trump.

"A Hillary vai tornar-nos mais fortes juntos", disse o ex-Presidente.

"Se são muçulmanos e amam os Estados Unidos e a liberdade e odeiam o terror fiquem connosco e ajudem-nos a ganhar", afirmou, defendendo uma reforma das leis da imigração norte-americanas.

Bill Clinton disse ainda que os republicanos inventaram uma imagem de Hillary que é uma "caricatura", sem corresponder à realidade.

"Ela sempre acreditou que toda a gente pode alcançar [o sucesso]", disse, acrescentando que é a "melhor pessoa" que conhece "a conseguir mudanças".

"Nunca ficou satisfeita com o 'status quo', em nada, quer sempre avançar", assegurou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.