Governo vai criar mil postos de trabalho na área da floresta

Carregando o video...

 

Ana Carvalho Melo   Regional   18 de Dez de 2012, 16:33

O governo regional anunciou esta terça-feira que vai criar 1000 postos de trabalho no âmbito de uma estratégia de rentabilização de 4500 hectares de matas de criptoméria propriedade da Região.

O anúncio foi feito esta tarde pelo presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, numa conferência de imprensa para apresentação das conclusões do Conselho do Governo Extraordinário sobre Empresas e Emprego.

"No âmbito do Programa de Recuperação do Potencial Produtivo, será desenvolvida uma estratégia de rentabilização de 4.500 hectares de matas de criptoméria propriedade da Região, com vista ao seu corte, transformação e reflorestação", afirmou Vasco Cordeiro explicando que "o resultado deste Programa destina-se, primordialmente, ao mercado da exportação."

O governante acrescentou que este plano permitirá a criação de emprego direto de cerca de um milhar de trabalhadores, a que acrescerão mais de uma centena de postos de trabalho indiretos.

Vasco Cordeiro apresentou ainda o Projeto Terra Açores que constitui uma bolsa de terras públicas que neste momento estão incultas e que serão disponibilizadas a jovens empresários agrícolas, fomentando a diversificação neste sector e contribuindo para a diminuição das importações.

Na área de apoio ao Emprego e Formação Profissional, o Governo anunciou que vai avançar com dois novos programas a concretizar já no próximo ano: o Agir Agricultura e o Agir Indústria
.
"Trata-se de programas de estágios profissionais com a duração de seis meses, que preveem a obrigatoriedade de prestação de formação profissional e atribuem um prémio de integração a conceder às empresas que decidam contratar estagiários", disse.

O presidente do Governo referiu também que será criada a Marca Azores, até final de 2013, "com uma natureza transversal a toda a produção regional para garantir valor acrescentado aos produtos e serviços dos Açores e aumentar a respetiva penetração nos mercados interno e externo".

Nesta conferência de imprensa, Vasco Cordeiro salientou que "mais de 70 por cento das referidas medidas assumem um caráter inovador na Região".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.