Governo dos Açores diz que ribeiras estão em "bom estado"

Governo dos Açores diz que ribeiras estão em "bom estado"

 

Lusa/AO Online   Regional   1 de Out de 2015, 17:15

O relatório sobre o estado das ribeiras nos Açores, hoje apresentado, indica uma "diminuição progressiva" do número de incidentes registados em 2015, um "bom estado" que continua a merecer atenção do Governo Regional por este ser um "processo dinâmico".

“As nossas ribeiras apresentam um bom estado, mas importa referir que este é um processo dinâmico”, afirmou o secretário da Agricultura, Luís Neto Viveiros, em declarações aos jornalistas, após a apresentação do documento, na freguesia de Santa Bárbara, concelho da Ribeira Grande.

A avaliação referente a 2015 e coordenada pela Direção Regional do Ambiente abrangeu cerca de 396 quilómetros de extensão de ribeiras, das quais 284 quilómetros foram novas avaliações, num total de 193 bacias hidrográficas distribuídas por oito das nove ilhas.

Assoreamentos e obstruções (68%), depósito de resíduos (32%) e derrocadas (14%) foram as principais ocorrências registadas, tendo os dados sido recolhidos por 300 colaboradores, entre outubro de 2014 e setembro de 2015, através do preenchimento de formulários, associados a bases de dados.

“É um relatório que revela um trabalho muito exaustivo ao nível de centenas de quilómetros que são diariamente percorridos por toda a equipa afeta a esse trabalho”, afirmou Luís Neto Viveiros, acrescentando que esta avaliação constitui “uma ferramenta importante” para definição de políticas neste domínio com “bons fundamentos e visão geral”.

O governante referiu, ainda, que dos cerca de 5,5 milhões de euros que serão executados este ano no domínio dos recursos hídricos, 4,7 milhões de euros respeitam a ações de manutenção e limpeza e a intervenção de reperfilamento e outras obras hidráulicas nas linhas de água da região.

Na proposta de Plano de Investimento para 2016, apresentada quarta-feira aos parceiros sociais pelo Governo dos Açores, o investimento global previsto para os recursos hídricos é superior a 6,8 milhões de euros, dos quais 5,9 milhões de euros são dedicados à manutenção, limpeza, reperfilamento de ribeiras e obras hidráulicas.

Segundo disse Luís Neto Viveiros em 2016 estão previstas várias intervenções ao nível dos recursos hídricos, com destaque para as ilhas das Flores, Terceira e S. Miguel.

Desde 2012 que é realizado anualmente no arquipélago o relatório do estado das ribeiras nos Açores, que compila por amostragem dados generalizados sobre o estado dos cursos de água regionais, incidindo na identificação de situações de risco ou que necessitam de manutenção.

Os Açores contam com uma rede hidrográfica com cerca de 7.000 quilómetros, distribuída por mais de 700 bacias hidrográficas.

O relatório sobre o estado das ribeiras dos Açores em 2015 está disponível para consulta no portal do Governo Regional.

Além da apresentação do relatório, o dia nacional da água nos Açores fica, ainda, marcado pela inauguração da obra da bacia de retenção da Ribeira de Santa Bárbara, que custou mais de 130 mil euros e criou uma bacia de retenção que evita que o caudal sólido atravesse a zona urbana mais densa da malha populacional da Ribeira Grande.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.