GNR salva dois cães ví­timas de maus tratos na freguesia da Relva

GNR salva dois cães ví­timas de maus tratos na freguesia da Relva

 

Luís Pedro Silva   Regional   22 de Ago de 2015, 20:16

O Núcleo de Proteção Ambiental de Ponta Delgada do Destacamento Territorial da GNR conseguiu salvar dois cães, que estavam a ser vítimas de maus tratos na freguesia da Relva.
Segundo um comunicado emitido pela Guarda Nacional República os militares foram alertados que uma pessoa estava a queimar uma “casota” de madeira, onde se encontravam dois animais de estimação.
Os cães com cerca de três anos já apresentavam marcas de queimaduras quando os militares da GNR conseguiram intervir e salvar os animais. De acordo com as informações emitidas pela GNR foi identificado um homem de 48 anos como suspeito da autoria dos maus tratos aos animais.
O homem foi constituído arguido e o processo foi remetido para o Ministério Público, que deverá determinar se a investigação deste crime será efetuada diretamente pela GNR ou pelos serviços do Ministério Público.
Segundo o porta-voz da GNR nos Açores o arguido neste processo arrisca uma condenação numa pena até um ano de prisão por maus tratos aos animais.
Os dois cães acabaram por ser recolhidos pelos militares da GNRe foram assistidos pelo veterinário do Serviço de Desenvolvimento Agrário da Ilha São Miguel.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.