Foi detida uma mulher por fortes suspeitas de ter ateado fogo a uma hospedaria

Foi detida uma mulher por fortes suspeitas de ter ateado fogo a uma hospedaria

 

Lusa/AO Online   Regional   22 de Ago de 2016, 12:51

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, identificou e deteve uma mulher de 47 anos de idade, pela presumível prática do crime de incêndio.
De acordo com comunicado, os factos ocorreram no concelho de Santa Cruz das Flores, nas instalações de uma hospedaria, quando a detida, que ali estava alojada, por presumíveis razões de vingança contra um outro hóspede, ateou durante a noite fogo à sala do estabelecimento, que rapidamente se propagou a outras áreas, provocando danos avultados e colocando também em perigo um estabelecimento comercial de venda a retalho que funciona no mesmo imóvel, bem assim casas contíguas, o que só foi evitado pela pronta intervenção dos bombeiros.
Um dos hóspedes, que se encontrava a dormir no quarto, veio a sofrer ferimentos muito graves, que determinaram a sua rápida evacuação para unidade hospitalar do continente, onde se encontra internado, acrescenta a nota.
A detida, sem ocupação laboral, foi presente à autoridade judiciária competente com vista à sua sujeição a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas coativas tidas por adequadas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.