Devin Nunes espera que administração Trump volte a analisar Lajes

Devin Nunes espera que administração Trump volte a analisar Lajes

 

Lusa/Açoriano Oriental   Regional   18 de Jan de 2017, 16:21

O congressista lusodescendente Devin Nunes, que integra a equipa de transição do próximo presidente dos EUA, espera que a próxima administração volte a analisar as vantagens da presença norte-americana na Base das Lajes.

 

"Espero que a nova administração entenda que, apesar do que diz o Departamento de Defesa, usar as Lajes poupa muito dinheiro aos contribuintes americanos", disse Nunes à agência Lusa.

Entre 2014 e 2015, a Câmara dos Representantes, num movimento liderado por Nunes, perguntou ao Pentágono por que não instalava um novo centro de informações nas Lajes, dizendo que esta opção representava uma poupança de 1,5 mil milhões de dólares a longo prazo.

O Pentágono respondeu que o centro em Croughton, na Inglaterra, permitia uma poupança de 74 milhões de dólares por ano e que a opção das Lajes representaria um investimento inicial de 1,14 mil milhões de dólares, e um custo anual extra de 43 milhões.

Em novembro, Nunes acusou o Pentágono de copiar informação para o seu relatório sobre os Açores e a Base das Lajes diretamente da Wikipedia.

"Depois de serem apanhados a usar a Wikipedia para a sua pesquisa sobre as Lajes, espero que o Departamento de Defesa, sob uma nova liderança, olhe de novo para os benefícios que a base tem", explica o representante, acrescentando que "o Congresso apenas pediu que fosse dada uma séria consideração às Lajes, algo que ainda não aconteceu."

Na semana passada, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, falou por telefone com Donald Trump e abordou o tema da base.

No mesmo dia, o embaixador português em Washington, Domingos Fezas Vital, discutiu com Walid Phares, conselheiro para política internacional de Donald Trump, a importância da presença americana na base açoriana.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.