Criança de 4 anos distribuiu heroína na escola


 

Lusa/AO online   Internacional   7 de Out de 2014, 18:13

Uma mãe norte-americana foi detida e acusada de posse de droga, após a sua filha de quatro anos ter distribuído pequenos sacos com heroína entre os colegas do jardim infantil, divulgou a polícia de Delaware (leste).

 

A criança pensava que os sacos continham doces, segundo a mesma fonte.

A polícia foi chamada ao jardim infantil na segunda-feira à tarde, depois de os professores do Hickory Tree Child Care Center, na cidade de Selbyville, terem descoberto que várias crianças estavam na posse de pequenos sacos com um pó branco de origem desconhecida.

Os testes realizados à substância branca revelaram que se tratava de heroína.

A criança de quatro anos transportou os saquinhos para a escola sem saber, numa mochila que foi improvisada pela mãe, depois da mochila habitual da criança ter sido danificada por um animal de estimação da família.

“Pensou que eram doces e começou a dar às crianças da sua turma”, precisou a polícia de Delaware, num comunicado.

Nenhum dos sacos tinha sido aberto pelas crianças quando foram recolhidos pelos professores do jardim infantil. As crianças que mexeram nos pequenos pacotes foram observadas num hospital, mas todas regressaram para as respetivas casas.

No total, 249 sacos de heroína, com um peso total de 3.735 gramas, estavam dentro da mochila.

A mãe da menor, Ashley Tull, de 30 anos, foi acusada de posse de droga e de colocar em perigo o bem-estar de uma criança. A mulher poderá ser imputada de outros crimes.

Os três filhos de Ashley Tull, com 11, nove e quatro anos, foram entregues a um familiar. A mulher está proibida de contactar com os filhos.

Ashley Tull foi entretanto libertada após o pagamento de uma caução de 6.000 dólares (4.742 euros), segundo a polícia.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.