Concurso público para reabilitação do porto da Horta ficou deserto devido ao valor base da obra

Concurso público para reabilitação do porto da Horta ficou deserto devido ao valor base da obra

 

LUSA/AO online   Economia   6 de Jan de 2017, 18:44

O concurso público lançado em setembro passado para a reabilitação do porto comercial da Horta, Açores, não teve concorrentes devido ao reduzido valor base da obra, 14 milhões de euros, revelou hoje a empresa pública Portos dos Açores

Segundo a mesma fonte, a não apresentação de propostas a este concurso "determinou a revogação da decisão de contratar" um empreiteiro para a realização da obra, que contemplava a construção de estruturas para reduzir a agitação marítima e a criação de novas áreas para as pescas e para as atividades marítimo-turísticas.

"A Portos dos Açores, S.A. vai reavaliar a estimativa orçamental da obra, pois segundo a informação que lhe chegou de potenciais interessados na execução da mesma, essa estimativa, com base na qual foi fixado o preço base do concurso, inviabilizou a apresentação de propostas", acrescentou a administração da Portos dos Açores, em comunicado.

Entretanto, o presidente da Câmara Municipal da Horta, José Leonardo Silva, reuniu hoje com a Administração da Portos dos Açores para esclarecer "algumas dúvidas" suscitadas pela Câmara do Comércio e Indústria da Horta, relativamente às soluções previstas no projeto.

À saída do encontro, o autarca socialista disse aos jornalistas que tinha feito "algumas sugestões" e que a administração da empresa Portos dos Açores tinha manifestado a abertura para as analisar.

"Eu sugeri algumas questões e a Portos dos Açores manifestou abertura para estudá-las. O que eu senti é que a administração também está empenhada em encontrarmos a melhor solução para o nosso porto", adiantou José Leonardo Silva.

A intervenção prevista pelo Governo Regional naquele porto comercial tem gerado críticas por parte da Câmara do Comércio e Indústria da Horta, dos deputados do PSD à Assembleia Legislativa dos Açores e da própria Assembleia Municipal da Horta.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.