Carlos César destaca investimento no parque escolar e critica os que não admitem os resultados alcançados

Carregando o video...

 

Lusa/AO online   Regional   17 de Set de 2012, 18:27

O presidente do Governo dos Açores, Carlos César, afirmou hoje que está quase concluída a reestruturação do parque escolar do arquipélago, criticando os que se recusam a admitir os resultados dos investimentos realizados nos últimos 15 anos.

“Só por absoluta incapacidade de perceção é que é possível menosprezar a dimensão deste investimento”, afirmou Carlos César, recordando as “muitas escolas construídas, adaptadas, ampliadas ou melhoradas nos últimos 15 anos”.

Carlos César, que falava na inauguração da nova Escola Básica Integrada de Água de Pau, na Lagoa, em S. Miguel, salientou que, com esta obra, está quase concluído o plano de reestruturação do parque escolar dos Açores, “implicou um elevado, mas imprescindível investimento realizado em todas as ilhas”.

Na sua intervenção, recordou as várias obras realizadas em escolas nas nove ilhas dos Açores, salientando que “esta profunda reforma do parque escolar, não esgotando as condições necessárias à aprendizagem e ao sucesso educativo, tem permitido uma alteração significativa e indispensável das condições para esse efeito”.

Carlos César salientou que a taxa de pré-escolarização cresceu 57,6 por cento em 10 anos, atingindo atualmente 97,5 por cento das crianças de cinco anos, mas também destacou que a taxa de absentismo caiu em seis anos de 3,6 para 1,5 por cento.

O aumento das verbas disponíveis na ação social escolar, o crescimento do ensino profissional e o apetrechamento tecnológico das escolas foram também destacados pelo presidente do Governo dos Açores.

Nas escolas do arquipélago existe atualmente um rácio de seis alunos por computador, sendo que, no primeiro ciclo, esse rácio é de quatro alunos por computador.

Carlos César salientou ainda a “maior estabilidade do corpo docente”, frisando que a região tem “um professor por cada nove alunos” e, no dia do arranque do ano letivo, destacou o início das aulas “sem perturbação”.

A nova EBI de Água de Pau, com capacidade para cerca de 600 alunos, envolveu um investimento superior a 14,5 milhões de euros e dispõe de 30 salas de aula, cinco salas de atividades e uma sala polivalente, além de um auditório com 100 lugares sentados, uma mediateca, laboratórios e uma sala de música.

Recreios e um espaço polidesportivo coberto, um ginásio e um tanque de aprendizagem são outros equipamentos desta escola, que recebe os primeiros alunos na terça-feira.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.