Câmara do Comércio quer Centro de Radioterapia no plano de revitalização daTerceira


 

Lusa/AO Online   Regional   29 de Jan de 2015, 16:14

A Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) manifestou estranheza pelo facto do plano de revitalização da ilha Terceira, recentemente apresentado, não incluir a instalação do Centro de Radioterapia dos Açores no Hospital de Santo Espírito.

 

Em comunicado hoje divulgado, a Comissão de Saúde da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo adianta que tal decisão iria ter um impacto a curto prazo na economia da ilha estimado em 3,3 milhões de euros, em cada dois anos, permitindo à região poupar cerca de 650 mil euros no mesmo período.

O Plano de Revitalização Económica da Terceira foi apresentado pelo presidente do Governo açoriano a 21 de janeiro e contempla 170 medidas que são da responsabilidade do Governo da República, do Governo Regional e das duas autarquias da ilha Terceira.

O documento visa mitigar o impacto económico e social na ilha da saída dos 500 norte-americanos que estavam ligados à Base das Lajes, do despedimento de civis portugueses e a "pegada ambiental" que a presença de décadas da Força Aérea dos Estados Unidos deixa na ilha.

Além da poupança, a CCAH defende que, a médio prazo, a instalação do Centro de Radioterapia dos Açores na ilha permitiria à Terceira aumentar a fixação de população graças ao aumento da competitividade do Hospital de Santo Espírito.

Segundo a CCAH, esta argumentação está demonstrada num estudo desenvolvido internamente em julho de 2013, aquando do contributo dado para a reestruturação do plano regional de Saúde.

O Centro de Radioterapia dos Açores, que será instalado nos terrenos junto ao hospital de Ponta Delgada, estava inicialmente previsto como parceria público-privada, mas depois de ter sido recusado por duas vezes o visto do Tribunal de Contas, o executivo regional abandonou esta ideia, passando o projeto a ser um investimento privado.

"A comissão espera que o plano de revitalização da ilha Terceira possa, ainda, sofrer os necessários ajustes e ver incluída a instalação do Centro de Radioterapia no Hospital do Santo Espirito, visto ser um dos investimentos que maior retorno iria trazer para a economia da ilhas, ajudando a verdadeiramente mitigar os prejuízos causados por esta dramática situação", sustenta a CCAH em comunicado.

Quanto ao plano de revitalização desenvolvido pelo Governo dos Açores para a ilha Terceira, a Comissão de Saúde da CCAH considera-o, na generalidade, positivo para a economia da ilha, por corresponder “à necessidade de serem tomadas medidas quer de cariz estrutural, quer conjuntural”.

Em concreto no setor da Saúde, a CCAH destaca o objetivo de concretizar parcerias com diversas entidades norte-americanas e, sobretudo, com seguradoras de saúde dos EUA “de forma a potenciar projetos que o ‘cluster’ da Saúde da ilha tem vindo a preparar desde há seis meses”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.