EUA/México

Calderón fala dos imigrantes "na sombra" ao ser recebido por Obama


 

Lusa / AO online   Internacional   19 de Mai de 2010, 17:54

O presidente do México, Felipe Calderón, referiu-se esta quarta-feira aos imigrantes que vivem "na sombra" e são vítimas de "discriminação" nos Estados Unidos, na sua primeira visita oficial ao país vizinho.
O chefe de Estado mexicano foi recebido nos jardins da Casa Branca por Barack Obama, que lhe deu as boas vindas em língua espanhola, antes de o qualificar de "vizinho, sócio e amigo".

Obama exortou os dois países a trabalharem "juntos" para "conseguirem criar postos de trabalho e prosperidade". O presidente norte-americano também se referiu à necessidade de uma fronteira comum "moderna e eficiente, com uma imigração ordenada e uma maior colaboração na luta contra os narcotraficantes".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.