Bilhetes para o ilhéu de Vila Franca podem ser adquiridos na Internet

Bilhetes para o ilhéu de Vila Franca podem ser adquiridos na Internet

 

Lusa/AO Online   Regional   4 de Mai de 2016, 11:27

Os bilhetes para o ilhéu de Vila Franca, vão poder ser adquiridos na Internet e estão já a ser desenvolvidos esforços para que o processo possa arrancar no verão, disse hoje o diretor regional dos Assuntos do Mar.

 

Em declarações à agência Lusa, Filipe Porteiro afirmou que a medida, proposta pelo Clube Naval de Vila Franca do Campo, entidade que assegura as ligações marítimas à reserva natural da ilha de São Miguel, “parece uma boa medida de gestão”, pois “permitirá às pessoas saberem previamente se têm ou não hipóteses de visitar o ilhéu” sem terem de se deslocar ao porto da vila.

Atualmente, os potenciais interessados em visitar o ilhéu têm de se deslocar ao porto de Vila Franca do Campo sem garantias de ligação, situação que se agudizou com o aumento de turistas decorrente da liberalização parcial do transporte aéreo para os Açores, uma vez que existe uma quota diária estipulada de 400 visitantes para a área.

O ilhéu de Vila Franca do Campo foi adquirido pelo Governo Regional dos Açores e classificado como reserva natural a 03 de março de 1983.

Atualmente, a ligação marítima para o ilhéu de Vila Franca do Campo é assegurada pelo clube naval local, com embarcação própria, ao abrigo de um protocolo celebrado com o Governo dos Açores.

O Clube Naval de Vila Franca do Campo tem as receitas geradas pelo transporte de passageiros e, em contrapartida, uma vez que se trata de uma reserva natural, dá apoio logístico, durante todo o ano, à Sociedade Portuguesa para Estudo das Aves (SPEA), entre outras funções ambientais e de limpeza.

A SPEA, por seu turno, beneficia de 10% do valor do bilhete cobrado aos turistas e locais que se deslocam ao ilhéu, onde combate as infestantes e cuida das colónias de aves existentes.

Filipe Porteiro revelou que está a ser estudada a “melhor forma” das agências de turismo que queiram oferecer uma visita ao ilhéu poderem reservar com antecedência, salvaguardando a necessidade de “garantir que a população local e da ilha tenha a possibilidade de usufruir da sua zona balnear”.

“Este projeto está a ser desenvolvido pelo Clube Naval de Vila Franca do Campo em articulação com a direção regional dos Assuntos do Mar e com o Parque Natural da Ilha de São Miguel (Direção Regional do Ambiente) e em breve estará operacional”, afirmou.

O responsável referiu que o protocolo que existe entre o executivo açoriano e o Clube Naval de Vila Franca do Campo para o transporte para o ilhéu também “será, em breve, renovado”, prevendo-se que possa haver visitas não regulares àquela reserva costeira, onde deverão ser “cumpridas regras específicas”, e que exigirão sempre o acompanhamento de um vigilante da natureza do Parque Natural da Ilha São Miguel.

De acordo com a proposta do Clube Naval de Vila Franca do Campo, para além da compra antecipada dos ingressos, está sempre salvaguardada a possibilidade de adquirir bilhetes no local no dia do embarque.

De acordo com a proposta submetida ao executivo açoriano pelo Clube Naval de Vila Franca do Campo, pretende-se que os bilhetes sejam validados pelos tripulantes com recurso a um leitor de código de barras, um dispositivo móvel ‘android’ e uma aplicação que se pretende desenvolver para o efeito.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.