BE contra instalação de incineradora São Miguel


 

Lusa / AO online   Regional   13 de Jan de 2010, 14:30

O Bloco de Esquerda manifestou esta quarta-feira "total oposição" à instalação de uma central incineradora de resíduos nos Açores, alertando para os "perigos para a saúde" que podem estar associados a este tipo de equipamento.
Esta força política frisou ainda, na sequência de reuniões com dirigentes das associações ambientalistas Quercus e Amigos dos Açores, que a incineração representa "o sistema mais caro de tratamento de resíduos da actualidade, quer ao nível económico quer ao nível ambiental".

A posição do BE surge depois da Associação de Municípios de S. Miguel ter admitido a construção de uma incineradora para tratar os resíduos produzidos nesta ilha açoriana.

O BE, num comunicado hoje distribuído, defende uma "clara aposta na compostagem", afirmando recear que a opção pela incineração esteja relacionada com "interesses económicos relacionados com a privatização do sector, que já é uma realidade na ilha de S. Miguel".

Para a resolução do problema ambiental dos resíduos nos Açores, "a aposta deve centrar-se na sensibilização para a redução de lixo, no incentivo à separação, na implementação da recolha porta-a-porta e no tratamento biológico e na exportação do lixo reciclável", sustentam os bloquistas açorianos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.