BCE vai deixar de produzir notas de 500 euros

BCE vai deixar de produzir notas de 500 euros

 

Lusa/AO online   Economia   4 de Mai de 2016, 17:52

O Banco Central Europeu (BCE) decidiu deixar de produzir as notas de 500 euros em 2018, assegurando que as notas deste valor já em circulação vão continuar legais e a manter o seu valor.

 

“O Conselho de Governadores do BCE decidiu hoje não continuar a impressão das notas de 500 euros e exclui-las da série Europa, tendo em consideração preocupações que esta nota poderia facilitar atividades ilícitas”, informa a instituição numa nota publicada na sua página oficial.

A emissão da nota de 500 euros vai parar no final de 2018, quando se planeia que as novas notas de 100 e de 200 euros da série Europa sejam introduzidas.

A instituição liderada por Mario Draghi garante que a nota de 500 euros vai permanecer legal e pode, por conseguinte, continuar a ser utilizada como um meio de pagamento e de armazenamento de valor.

“A nota de 500 euros, tal como outras notas do euro, vai sempre ter o seu valor e pode ser trocada nos bancos nacionais da zona euro num período ilimitado de tempo”, afirma o BCE.

O BCE assegura ainda que, juntamente com os bancos centrais nacionais da área do euro, “tomará medidas para garantir que as restantes notas estão disponíveis em quantidades suficientes”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.