Alemanha vai indemnizar vítimas do nazismo

Internacional /
Alemanha

602 visualizações   

O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schaeuble, anunciou que o governo vai assinar hoje com a organização Jewish Claims Conference (JCC) um novo acordo para compensar vítimas do Holocausto, que nunca receberam indemnizações.
 

O novo acordo, que será assinado no Museu Judaico de Berlim, vai permitir o alargamento de pessoas elegíveis para receber compensações monetárias.

“Na Europa oriental e na antiga União Soviética ainda existiam pessoas que não reuniam as condições necessárias para reclamar indemnizações”, afirmou Schaeuble, em declarações à rádio pública rbb-inforadio.

“E porque estas pessoas que tinham direitos foram identificadas, decidimos que estas pessoas também devem receber [indemnizações]”, acrescentou.

O protocolo, que será formalizado por Schaeuble e Julian Berman, responsável da JCC, organização internacional responsável pela procura de sobreviventes ou descendentes de vítimas do Holocausto, será uma nova versão do acordo do Luxemburgo, documento assinado em 1952 entre a Alemanha e Israel.

O texto, que celebra este ano o 60.º aniversário, obrigava a Alemanha a ajudar financeiramente e a integrar sobreviventes judeus do Holocausto.

Ainda em declarações à rádio pública alemã, Schaeuble referiu que a recompensação monetária de todas as vítimas dos crimes nazis é uma tarefa complicada devido à "incomensurável dimensão" do Holocausto, que terá feito cerca de seis milhões mortos.

“O crime do Holocausto foi tão inimaginável que não sabemos os nomes de todos os mortos, nem de todos aqueles que têm o direito de reclamar indemnizações e é por isso que temos de continuar a fazer ajustamentos”, acrescentou o ministro.

Diário de Notícias Dinheiro Vivo Jornal de Notícias Notícias Magazine O Jogo TSF Volta ao Mundo Açoriano Oriental DN Madeira Jornal do Fundão