Açorianos vão menos ao médico de família do que o resto do país

Açorianos vão menos ao médico de família do que o resto do país

 

Ana Paula Fonseca   Regional   11 de Nov de 2015, 23:00

Açorianos vão menos ao médico de família do que o resto do país, é a manchete do Açoriano Oriental. Cerca de 60 por cento dos açorianos maiores de 15 anos consultou, em 2014, um médico de medicina geral e familiar, enquanto que no país a taxa foi de 75 por cento, segundo dados do Inquérito Nacional de Saúde

 

 

Câmaras com água de melhor qualidade vão ser premiadas; Dívidas até 10 mil euros cobradas fora dos tribunais; Criadas novas medidas de apoio a jovens desempregados e Turistas criticam net e qualidade dos quartos no alojamento, e Plantel do Operário em remodelação, são outros destaques de capa


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.