Investigação

Açoriano destaca-se na investigação do cancro da bexiga

Açoriano destaca-se na investigação do cancro da bexiga

 

Luísa Couto   Regional   11 de Set de 2010, 21:23

André Amaral é mais um dos “filhos da terra”, por força das suas origens e também da sua formação académica, a levar o nome da Região além fronteiras no que respeita à investigação científica, mais concretamente sobre papel do selénio na prevenção do cancro da bexiga.

Natural de Ponta Delgada, André Amaral fez a Licenciatura e o Doutoramento no Departamento de Biologia da Universidade dos Açores (UAç), estando agora a trabalhar como investigador no Centro Nacional de Investigações Oncológicas de Espanha (CNIO). E é como investigador do CNIO, um dos mais importantes centros de investigação do pais vizinho, que o jovem açoriano vê o seu trabalho reconhecido pela American Association for Cancer Research.

 

Leia esta notícia na íntegra na edição impressa de 12 de Setembro do Açoriano Oriental


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.