Açores recebem este ano novas provas de 'trail running'

Açores recebem este ano novas provas de 'trail running'

 

AO/Lusa   Regional   8 de Mar de 2015, 12:25

Os Açores vão receber este ano duas novas provas de 'trail running' (corrida na natureza), uma delas ecológica e a outra repartida por três etapas e três ilhas e que inclui a subida ao ponto mais alto do país.

 

O concelho da Ribeira Grande, na ilha de São Miguel, vai receber a 21 de junho o primeiro Eco Trail Run Azores, que já conta com inscrições de todo o país.

“Iniciámos este projeto a pensar que iríamos fazer um evento mais direcionado para a população da ilha de São Miguel mas rapidamente nos apercebemos de que isto teve um impacto enorme a nível nacional”, disse à Lusa Bruno Joel, presidente do Clube Desportivo “Os Metralhas”, entidade organizadora da prova.

Entre os nomes já confirmados estão Ester Alves e João Colaço, que vão apadrinhar a prova.

“A Ester, que é neste momento a melhor atleta feminina a nível nacional, está em oitavo lugar do 'ranking mundial', vai estar presente juntamente com o João Colaço, que é um ultramaratonista português, de referência, também internacional", disse Bruno Joel.

O Eco Trail Run Azores é uma prova ecológica que, segundo a organização, pretende apenas “deixar na natureza o rasto das pegadas dos atletas nos trilhos”.

“Os abastecimentos vão ser mais à base de frutas, de marmelada, coisas que não tenham plásticos, assim como o abastecimento de água será feito com depósitos. Não vamos usar garrafas de plástico e está no regulamento que cada participante terá de levar o seu copo. Também a marcação do percurso será feita com materiais reutilizáveis, vamos tentar não utilizar fitas, a divulgação do evento não vai imprimir cartazes nem espalhar panfletos”, explicou.

Esta prova vai ter o limite de 250 participantes e terá dois percursos, um de 33 quilómetros e outro de dez, a pensar nos atletas profissionais e nos amadores. A organização pretende fazer uma segunda edição do Eco Trail Run Azores em outubro.

Por outro lado, entre 30 de outubro e 01 de novembro vai decorrer o Azores Triangle Adventure, um prova de "'trail' por etapas", de 130 quilómetros no total, que decorrerá ao longo de três dias e nas três ilhas do triângulo (Faial, Pico e São Jorge).

A prova começa no Pico com um percurso de 42 quilómetros, "desde o nível do mar até ao ponto mais alto de Portugal, a montanha do Pico, com 2. 351 metros de altitude", segundo um comunicado distribuído pela organização.

No segundo dia, em São Jorge, o trilho tem cerca de 45 quilómetros e percorre algumas fajãs da ilha.

A prova termina no Faial, a 01 de novembro, percorrendo a ilha de este a oeste (cerca de 45 quilómetros). O ponto de chegada é a zona do vulcão dos Capelinhos.

Segundo a organização, o Azores Triangle Adventure tem um “desnível positivo equivalente a subir o Evereste”.

Para além destas provas, realiza-se a 30 de maio a segunda edição do Azores Trail Run, no Faial, que passa este ano a contar para o Circuito Nacional de Trail Ultra e a qualificar para o UTMB – Ultra Trail do Monte Branco.

O UTMB, considerada a prova de referência internacional do ‘trail running’, realiza-se em agosto, nos Alpes, num percurso de cerca de 168 quilómetros, com 9.600 metros de desnível positivo (metros que os atletas sobem).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.