Liga Vitalis

Vitor Pereira espera um Santa Clara atrevido

Vitor Pereira espera um Santa Clara atrevido

 

Susete Rodrigues   Futebol   7 de Nov de 2009, 20:40

Um Santa Clara atrevido, que “não tenha medo de dominar e seja igual a si próprio”, é o que o Vítor Pereira pretende da sua equipa para o jogo com o Chaves, a contar para a 9ª jornada.

Um jogo entre o quarto classificado (Santa Clara com 13 pontos, a um do líder) e o último (Desportivo de Chaves com 7 pontos), que não irá, de certeza, espelhar este factor de tabela, porque, “a diferença de pontos é muito pouca e isto mostra bem o que é este campeonato”, disse o treinador dos encarnados de Ponta Delgada.
Também o facto de Ricardo Formosinho ter deixado o comando técnico do Chaves no início dessa semana, não será uma vantagem para oSanta Clara, como explica Vítor Pereira: “Penso que quando à mudança de treinadores, há uma motivação extra. Jogadores que não eram opção, passam a ser. Normalmente aumenta os níveis de competitividade no treino, há uma lufada de esperança”, portanto será um Chaves “que vai à procura de uma nova vida e vem aqui, de certeza criar-nos dificuldades. O Chaves tem bons jogadores, é uma boa equipa”.
Questionado se o Desportivo de Chaves iria jogar mais defensivo do que ofensivo, o técnico afirmou que sim, talvez “com “muita gente” atrás da linha da bola, com uma linha defensiva reforçada e vai tentar, com os argumentos que tem, surpreender em transições ofensivas”.
Perante isso, o Santa Clara tem que estar preparado para “imprimir um ritmo alto e esperamos que o campo recupere, para podermos circular rapidamente a bola”, porque todos querem oferecer à massa associativa uma vitória.
Importante para Vítor Pereira é ainda o facto da sua equipa ter que “consolidar comportamentos que temos vindo a manifestar. Do meu ponto de vista o Santa Clara não foi inferior a equipa alguma que defrontou até hoje, bem pelo contrário, é uma equipa que tem assumido comportamentos de quem quer subir de divisão, tem chegado lá fora e tem assumido a maior parte da despesa do jogo, tem sido pressionante, tem criado situações de golo, tem-se comportado como se estivesse a jogar em casa”, referiu.
Já nos encontros em casa, a postura tem sido a mesma, mas “não temos sido felizes em termos de finalização” , esperando que hoje a concretização seja mais eficaz para levar de vencida o Desportivo de Chaves.
Vítor Pereira relembrou que a Liga Vitalis não é uma prova fácil. Pelo contrário, este “é um campeonato é muito competitivo. Não tem grande qualidade, mas é um campeonato em que é muito difícil ganhar ao último, tão difícil como ganhar ao primeiro”.
“São jogos que dependem da postura. Há equipas que jogam mais abertas e proporcionam bons espectáculos e  outras que fecham-se mais e, temos que viver com esta realidade e encontrar soluções para ultrapassar este tipo de contrariedades”, salientou.
O jogo entre o Santa Clara e o Desportivo de Chaves, tem lugar hoje, pelas 16h00, no Estádio de São Miguel.
O jogo é dirigido por Vasco Santos, do Porto, que será assistido por Tomás Santos e Bruno Trindade.

Lista dos convocados
Guarda-redes: Matt Jones João Botelho
Defesas: João Dias, Danilo Rocha, Stopira, Hernâni, Gonçalo e Vítor Alves
Médios: Neto, Oliveira, Feliciano e Valter.
Avançados: Fofana, Lico, Rincón, Leandro Tatu, Nuno Santos e Renan Marques.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.