Tripulantes de cabine da Ryanair podem avançar para greve no verão

Tripulantes de cabine da Ryanair podem avançar para greve no verão

 

Lusa/AO online   Internacional   24 de Abr de 2018, 16:31

Os tripulantes de cabine da Ryanair vão fazer greve durante o verão, se a companhia aérea de baixo custo não acatar as reivindicações acordadas esta terça-feira por vários sindicatos europeus até final de junho.

A decisão de convocar uma “ação industrial, incluindo o recurso à greve”, “num dia, num determinado período” foi anunciada depois de uma reunião na sede do SNPVAC – Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil, em Lisboa, com vários sindicatos europeus.

Em conferência de imprensa, a presidente do SNPVAC, Luciana Passo, informou que entre as condições colocadas à Ryanair está a aplicação da “legislação nacional imperativa” e das mesmas condições laborais para os trabalhadores, incluindo os subcontratados.

Outra reivindicação é que a Ryanair não coloque quaisquer restrições antecipadamente para a realização de reuniões.

Presentes estiveram sindicatos italianos, espanhóis, holandeses, belgas e alemães.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.