Tripulante britânico da Volvo Ocean Race dado como "definitivamente perdido"

Tripulante britânico da Volvo Ocean Race dado como "definitivamente perdido"

 

Lusa/AO online   Outras modalidades   28 de Mar de 2018, 09:15

O tripulante britânico da Volvo Ocean Race John Fisher foi dado como "definitivamente perdido" na terça-feira pelos organizadores da prova náutica, depois de ter caído ao mar na segunda-feira à tarde, anunciou o diretor da prova.

"Atendendo às baixas temperaturas da água, ao estado do mar e ao tempo que já passou desde o acidente, pensamos que John está definitivamente perdido", comentou na terça-feira o diretor da prova, Richard Brisius.

Depois de apresentar as condolências de toda a organização da Volvo Ocean Race à família do tripulante britânico, Richard Brisius adiantou que vai ser aberta uma investigação para determinar as causas do acidente, que estão a colocar várias questões.

O acidente ocorreu quando o barco navegava a 1.400 milhas (2.600 quilómetros) a oeste do cabo Horn, durante a disputa da sétima etapa, no total de 11, da Volvo Ocean Race, entre Auckland (Nova Zelândia) e Itajaí (Brasil).



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.