Justiça

Tribunal repete julgamento de ourives acusado de receptação

Tribunal repete julgamento de ourives acusado de receptação

 

Lusa / AO online   Regional   3 de Mai de 2010, 15:16

O Tribunal de Ponta Delgada iniciou esta segunda-feira a repetição do julgamento de um ourives de S. Miguel, acusado da receptação de dois castiçais de prata do século XVIII que tinham sido roubados do interior de uma igreja.
O ourives foi inicialmente julgado em 2009, tendo sido absolvido por não ter ficado provado que tenha adquirido os dois castiçais com o objectivo de obter uma vantagem patrimonial ilícita.

A acusação alegava, no entanto, que o ourives tentou obter uma vantagem patrimonial, considerando que, devido à sua profissão e às características dos objectos, deveria saber que tinham sido obtidos através de furto.

As peças em causa, que foram recuperadas pela PSP e devolvidas à Igreja de S. Pedro, estavam avaliadas em oito mil euros cada uma.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.