Justiça

Tribunal da Horta começou a julgar assaltante de banco


 

Lusa / AO online   Regional   23 de Fev de 2010, 17:20

O Tribunal Judicial da Horta, no Faial, iniciou esta terça-feira o julgamento de um homem acusado de ter assaltado em 2009 uma agência bancária nesta cidade, de onde fugiu com cerca de 6.400 euros em dinheiro.
O caso ocorreu a 8 de Junho de 2009, quando Manuel Costa, natural de Paços de Ferreira mas residente na Horta há vários anos, entrou na instituição bancária com um capacete na cabeça, óculos de sol, luvas e uma faca de cozinha na mão, alegadamente à procura de dinheiro para pagar dívidas às Finanças e à Segurança Social.

Manuel Costa, marceneiro de profissão, revelou ao tribunal que devia na altura cerca de 6.000 euros à Segurança Social e 5.000 euros às Finanças, tendo tomado a "atitude desesperada" de assaltar um banco depois de lhe terem cortado a electricidade na sua oficina, por atrasos no pagamento.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.