Tribunal Arbitral do Desporto indefere providência cautelar do União da Madeira

Tribunal Arbitral do Desporto indefere providência cautelar do União da Madeira

 

Nuno Martins Neves   Futebol   14 de Ago de 2018, 12:30

O Santa Clara conseguiu mais uma vitória fora dos relvados, com o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) a indeferir a providência cautelar apresentada pelo União da Madeira.


A formação madeirense, que queria impedir o início dos campeonatos nacionais, viu a sua pretensão negada pelo TAD, que também afastou o Académico de Viseu do processo.


De recordar que o União da Madeira recorreu ao Tribunal Arbitral do Desporto depois do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol ter ilibado o Santa Clara no caso dos Sub23, em que os encarnados de Ponta Delgada são acusados de terem infringido a regra dos jogadores com idades inferiores a 23 nos jogos com os madeirenses, Gil Vicente e Varzim.


No entanto, o TAD ainda vai ouvir o Santa Clara e o União da Madeira, num audiência marcada para o final deste mês.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.