Três suspeitos de agredirem militares da GNR em Benavente em prisão preventiva

Três suspeitos de agredirem militares da GNR em Benavente em prisão preventiva

 

Lusa/Ao online   Nacional   22 de Set de 2018, 03:06

Três suspeitos de agredirem dois militares da GNR, na quinta-feira, no parque de estacionamento de um supermercado em Benavente, Santarém, ficaram esta sexta feira em prisão preventiva, informou fonte da guarda.

Os dois militares da GNR foram agredidos por quatro indivíduos, no parque de estacionamento de um supermercado, em Benavente, e sofreram ferimentos.

“Os suspeitos foram presentes a primeiro interrogatório judicial e três deles ficaram em prisão preventiva, enquanto um quarto elemento ficou com Termo de Identidade e Residência”, disse à Lusa fonte da GNR.

Segundo a GNR, os agressores estavam a causar distúrbios e a agredir um funcionário que descarregava mercadoria, no parque do supermercado.

Os dois militares da GNR de Benavente deslocaram-se para o local e quando abordaram os suspeitos, com idades entre os 18 e os 26 anos, estes partiram para a agressão física, sendo necessário o reforço de meios no local para efetuar as detenções.

“Os militares sofreram ferimentos, um deles acabou mesmo por ser atingido com o bastão na cabeça, que lhe provocou um hematoma. Foram sujeitos a vários exames médicos, mas felizmente não apresentam nenhum ferimento grave”, acrescentou a mesma fonte.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.