Treinadores de hóquei em patins de Sporting e Benfica recusam favoritismo


 

Lusa/Ao online   Hóquei em Patins   11 de Mai de 2019, 02:58

O treinador de hóquei em patins do Sporting, Paulo Freitas, considerou esta sexta feira não haver favorito na meia-final da Liga Europeia, que opõe os 'leões' ao Benfica, desvalorizando o fator casa.

"Se, por um lado, jogar em casa com o apoio dos nossos adeptos é uma força extra, por outro lado, para o nosso adversário, pela experiência internacional e competitiva que tem, não é algo que certamente os vá atormentar muito", disse.

Em conferência de imprensa conjunta entre os técnicos das quatro equipas presentes em prova - a que se juntam FC Porto e Barcelona -, o treinador do Benfica, Alejandro Domínguez, concordou com Paulo Freitas e acrescentou que o passado na competição, que favorece os 'encarnados', também não será relevante para o encontro.

"O Sporting joga em casa, mas não creio que isso seja uma arma definitiva. Outras coisas marcarão a diferença, não o público, suponho. Não há nenhum ponto na história que coloque mais favoritismo", afirmou.

Paulo Freitas considerou ter pela frente "um adversário de enorme qualidade" e afirmou que o jogo será em tudo diferente dos encontros realizados para o campeonato nacional.

"Estamos perante um adversário de enorme qualidade. Vai ser um jogo completamente diferente dos do campeonato, é o dérbi eterno, que vai ainda mais além da própria competição. Estamos cientes da qualidade que temos e das dificuldades que vamos encontrar, mas muito confiantes no nosso processo e na dificuldade que vamos criar ao Benfica", analisou.

Alejandro Domínguez elogiou a qualidade do Sporting e revelou que estudou os erros cometidos pelo Benfica no último jogo entre as duas formações, a contar para o campeonato nacional, e que terminou com a vitória da equipa 'leonina' por 4-1.

"É um rival muito completo, difícil e que faz muita coisa bem. Tentámos aprender com o jogo que fizemos com eles em casa. Estudámos muito o Sporting, vamos jogar olhos nos olhos e tentar passar a eliminatória", expressou.

Paulo Freitas abordou ainda a forma como o plantel está a encarar esta 'final four' e elogiou as restantes formações em prova.

"É um orgulho imenso estar entre as quatro melhores equipas da Europa. Estamos aqui com ambição, responsabilidade e humildade. Qualquer uma das equipas que aqui está tem qualidade para vencer, mas sabemos que temos possibilidades", disse.

Alejandro Domínguez partilhou da mesma opinião e diz que sente o grupo "motivado" e "preparado" para desfrutar da competição.

"Estamos com toda a ambição do mundo, este grupo está motivado e sentimo-nos preparados. O cenário é fantástico e único, os três rivais são extraordinários, vamos tentar competir bem e desfrutar o mais possível", analisou.

Sporting e Benfica têm encontro marcado para sábado, às 18.00, no pavilhão João Rocha, em jogo a contar para as meias-finais da Liga Europeia de hóquei em patins.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.