Trabalhadores do grupo Martins Mota à porta da Segurança Social

Trabalhadores do grupo Martins Mota à porta da Segurança Social

 

Isidro Fagundes / Ana Carvalho Melo   Regional   22 de Abr de 2010, 17:31

Cerca de 100 trabalhadores do Grupo Martins Mota concentraram-se durante a manhã desta quinta-feira junto ao edifício da Segurança Social na esperança de ver resolvida a situação de falta de pagamento de salários em que se encontra desde há dois meses
Durante a manhã e tarde desta quinta-feira, os cerca de 100 trabalhadores foram recebidos individualmente pela Inspecção Regional do Trabalho e pelos serviços da Segurança Social.

Ao final da manhã, a Inspectora Regional do Trabalho, Paula Ramos, explicou à Açores TSF que “os trabalhadores têm direito a recorrer à suspensão do contrato de trabalho por falta de pagamento da retribuição e podem recorrer ao direito da prestação de desemprego durante a suspensão do contrato de trabalho” e que “a Inspecção do Trabalho vai notificar a empresa para que regularize a situação”

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.