Horta, ilha do Faial

Torre do Relógio abre à visitação e ao turismo

Torre do Relógio abre à visitação e ao turismo

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   3 de Ago de 2018, 11:58

A Câmara Municipal da Horta abriu à visitação a Torre do Relógio do Largo D. Luís I, um dos mais emblemáticos elementos arquitetónicos da cidade da Horta.

Durante os meses de agosto e setembro, todos os interessados podem visitar, de forma gratuita, o local diz nota da autarquia. Ao subir os 97 degraus da sua escadaria, para além da fantástica vista que têm para os vários pontos da cidade, conseguem aceder, através de QR Code, a informação turística em português e inglês, sobre 17 monumentos da nossa cidade e que são observáveis do cimo da Torre.


“Esta câmara tem sido a que mais tem trabalhado no sentido de preservar e valorizar o nosso património cultural e edificado e a aprovação da ORU é um exemplo disso mesmo”, afirmou José Leonardo Silva, presidente da autarquia da Horta, durante a abertura daquele monumento, adiantando ainda que “esta iniciativa vem no seguimento de todo o esforço que a CMH tem feito para requalificar este espaço. Começamos por levar a cabo obras de beneficiação da Torre, posteriormente intervimos na zona envolvente e, o passo seguinte, será recuperar o mecanismo do século XVIII do relógio ali existente”.


De acordo com o presidente da câmara o "espaço estava completamente abandonado, pelo que, com estas intervenções, queremos consolidar a oferta turística e cultural, promovendo mesmo no futuro, eventos culturais que façam uma interligação entre o Largo D. Luís I e o Jardim Florêncio Terra, antigo Jardim Público da cidade da Horta.


Para José Leonardo Silva, "os monumentos e os locais históricos não devem ser apenas locais de contemplação, mas sobretudo espaços de interação e de convívio", acrescentando que "é fundamental reforçar o trabalho realizado, de criação de um roteiro cultural, que já está beneficiado com a abertura recente da Igreja do Carmo e agora da Torre do Relógio, dois importantes ex-libris da cidade".

O espaço estará aberto de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12 horas e das 14 horas às 16h30 e, mediante marcação, poderá abrir noutros dias e horas.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.