“Temos capacidade para receber resíduos de São Miguel”

“Temos capacidade para receber resíduos de São Miguel”

 

Paulo Simões / Rui Jorge Cabral   Regional   16 de Ago de 2019, 06:02

Maria Ekström, administradora com funções executivas da Teramb – Empresa Municipal de Gestão e Valorização Ambiental da Ilha Terceira, diz que a incineradora pode receber resíduos de São Miguel, mas apela a um entendimento com a Musami e a um maior investimento na reciclagem

Qual é a capacidade de tratamento de resíduos da incineradora instalada na Terceira?
A análise da capacidade de uma incineradora tem que ter em conta três parâmetros importantes: a quantidade de resíduos, a produção de vapor e a produção de eletricidade.
Relativamente à nossa capacidade de receber resíduos, nós estamos a cerca de 80 por cento da nossa capacidade, mas podemos fazer muito mais.
Em termos de produção de eletricidade, em 2018, a nossa produção foi cerca de 7,2 por cento da produção total de energia da ilha Terceira, o que corresponde sensivelmente a 13 mil habitantes. Mas ambicionamos mais e estamos neste momento a avançar com um projeto de loteamento industrial dentro do nosso terreno para arrendar a indústrias que precisem de eletricidade, mas também de calor.


Pode ler a entrevista na íntegra na edição desta sexta-feira, 16 agosto 2019, do jornal Açoriano Oriental, e ouvir na emissão da Açores TSF esta sexta-feira depois do noticiário das 9 horas e em repetição às 18 horas


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.