Sporting volta aos triunfos na I Liga ao vencer o Marítimo

Sporting volta aos triunfos na I Liga ao vencer o Marítimo

 

Lusa/Ao online   Futebol   30 de Set de 2018, 04:22

O Sporting regressou este sábado às vitórias com o triunfo diante do Marítimo (2-0), com os golos dos futebolistas Bruno Fernandes e Fredy Montero em jogo da sexta jornada da I Liga portuguesa.



Depois do ‘bis' diante dos insulares na Taça da Liga (3-1), Bruno Fernandes abriu o marcador, aos 12 minutos, e Montero, que se estreou a marcar esta temporada, selou-o aos 35. Um jogo que também fica marcado com o regresso de Carlos Mané com a camisola dos ‘leões', após duas épocas na Alemanha, ao serviço do Estugarda.

Em relação ao jogo da última jornada frente ao Sporting de Braga (derrota, por 1-0), José Peseiro fez duas alterações: Nani e Rodrigo Battaglia ficaram de fora, tendo entrado para a equipa inicial Jovane Cabral e Petrovic.

Do lado do Marítimo, Joel Tagueu, utilizado diante do Belenenses (0-0), saltou para o banco de suplentes e foi rendido por Rodrigo Pinho.

O Sporting entrou a todo o gás e desde o primeiro minuto encostou os comandados de Cláudio Braga atrás da linha de meio campo, tendo chegado ao golo logo aos 12 minutos, por intermédio de Bruno Fernandes, na conversão de uma grande penalidade a castigar a falta do guarda-redes Amir Abedzadeh, que viu cartão amarelo, sobre Raphinha.

Um golo que alterou a forma de jogar dos ‘leões' que fizeram subir o médio Petrovic no terreno, o que se traduziu numa melhor ocupação dos espaços no meio campo e maior liberdade nas transições para o ataque dos centrais Coates e André Pinto.

O Marítimo aproveito para equilibrar as forças, mas aos 35 minutos, Montero, que tinha marcado pela última vez com a camisola do Sporting na final da Taça de Portugal diante do Desportivo das Aves (derrota, por 2-1), ampliou a contagem (2-0), na sequência de um livre de Raphinha, na direita.

Sem alterações a registar após o intervalo, o Sporting continuou a comandar as ações de jogo - o Marítimo apenas teve uma oportunidade de golo na primeira parte (45+1), mas Danny, quase em cima da linha de golo foi surpreendido por Acuña e não conseguiu bater o guarda-redes Salin -, mas aos poucos foi perdendo gás, provavelmente já a pensar no jogo de quinta-feira frente aos Vorskla, na Ucrânia, a contar para a segunda jornada do grupo E da Liga Europa.

Com melhor circulação de bola e já depois da entrada de Edgar Costa, para o lugar de Danny, o Marítimo procurou chegar ao golo de honra, provocando mesmo alguns calafrios aos comandados de José Pereiro. Primeiro com Rodrigo Pinho, aos 53 minutos, depois por intermédio de Jorge Correa, aos 55, e Edgar Costa, aos 76, mas tentativas revelaram-se vãs.

Com este triunfo, o Sporting, que tinha caído para o quinto posto do campeonato após a derrota em Braga (1-0), divide agora o terceiro lugar da I Liga, com 13 pontos, com o Rio Ave, que hoje venceu o Boavista (2-1) e o Sporting de Braga, que defronta este domingo o Belenenses, às 20:30 horas. Em caso de triunfo, os bracarenses assumem a liderança isolada da I Liga, à frente de FC Porto (15 pontos) e Benfica (14).



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.