Taça da Liga

Sporting mais perto do apuramento

Sporting mais perto do apuramento

 

Lusa/AO online   Futebol   13 de Jan de 2010, 21:36

Dois golos na primeira parte de um jogo bastante movimentado e recheado de oportunidades deram hoje vitória ao Sporting no terreno da União de Leiria (1-2), na segunda jornada da terceira fase da Taça da Liga

O Sporting conseguiu a sua quarta vitória consecutiva (duas para a Liga e outrs tantas no Grupo B da Taça da Liga) e "vingou" a derrota sofrida para o campeonato em casa, frente aos leirienses, ficando muito perto do apuramento para as meias-finais.

Uma excelente primeira parte valeu aos "leões" a vantagem de dois golos. Apesar do mau estado do terreno, da chuva e do vento, as duas equipas lançaram-se sem rodeios ao jogo.

Só nos 15 minutos iniciais houve seis lances de perigo, três para cada lado, resultado de rápidas transições para o ataque e do bom aproveitamento dos espaços nos meios campos contrários.

Rui Patrício foi neste período quem mais trabalho teve, parando bem remates de Cássio e André Santos, mas Hélder Godinho, titular na baliza da União de Leiria por castigo de Djuricic, sofreu um golo na primeira vez em que foi solicitado: João Moutinho ganhou uma bola no lado direito, rematou forte, o guarda-redes defendeu para a frente e João Pereira cabeceou para o 0-1 aos 15 minutos.

A resposta da União de Leiria foi rápida e Paulo Vinícius falhou o empate aos 19 minutos, rematando contra um adversário numa ocasião flagrante em plena pequena área do Sporting.

O jogo estava como o tempo, marcado por rajadas, mas aos 29 minutos o protagonista foi mesmo o vento, projectando para dentro de campo painéis publicitários, o que motivou a interrupção da partida. Os próprios jogadores ajudaram a retirar os "despojos".

À passagem da meia-hora, Lito Vidigal avançou Ronny e recuou Pateiro para tirar partido do remate forte do brasileiro emprestado pelos "leões", mas foi o Sporting que aumentou a sua vantagem: aos 36 minutos, Miguel Veloso cobrou um livre do lado direito, a bola bateu num defesa da casa e entrou na baliza da União de Leiria, traindo Hélder Godinho.

O Sporting abrandou o ritmo, mas podia ter elevado o marcador a seu favor logo após o intervalo, numa situação de aflição para a defesa leiriense que foi desaproveitada.

Já com Carlão em campo, a União de Leiria tornou-se novamente mais perigosa, mas a noite não foi feliz para o outro avançado dos leirienses, Cássio, que, entre outras, falhou boas oportunidades aos 53 e 57.

Carlão conseguiu mesmo reduzir a desvantagem no marcador e relançar o jogo. Aos 69 minutos o brasileiro desembaraçou-se dos centrais contrários e descobriu espaço para o 1-2 com um remate cruzado.

Com o jogo aberto como na primeira parte, as oportunidades sucederam-se. Aos 80 minutos, Yannick Djaló esteve perto do terceiro golo do Sporting, mas Hélder Godinho deu o corpo à bola, três minutos antes de Ronny isolar Silas, que não conseguiu passar por Rui Patrício.

Depois foi um livre de Vuckevic a fazer brilhar Godinho e também Yannick a falhar de cabeça a baliza do Leiria. Nos descontos, Saleiro tentou o golo de calcanhar e Diego Gaúcho evitou sobre a linha que a bola entrasse, mas não impediu a vitória do Sporting por 1-2.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.