Liga Sagres

Sporting goleia Rio Ave

Sporting goleia Rio Ave

 

Lusa/Aonline   Futebol   2 de Abr de 2010, 21:42

Um “hat-trick” do avançado Yannick Djaló embalou  Sporting para a maior goleada na Liga de futebol, contribuindo decisivamente para o 5-0 na receção ao Rio Ave, que permitiu ao clube lisboeta consolidar o quarto lugar da prova

O avançado “leonino”, que tinha marcado apenas três golos em 18 jogos no campeonato, dobrou a marca com remates certeiros aos 07, 56 e 75 minutos, cabendo ao incontornável Liedson (40) e ao regressado João Moutinho (66) fixar o resultado do jogo da 25.ª jornada.

Depois da derrota, por 3-2, perante o Marítimo, na ronda anterior, o Sporting regressou às vitórias e aumentou de dois para cinco pontos a vantagem sobre o perseguidor Vitória de Guimarães, derrotado, também por 3-2, pelo rival Sporting de Braga.

O clube lisboeta produziu hoje alguns dos melhores momentos de uma temporada dececionante, mas “voltou” a perder o médio Izmailov, que substituiu Hélder Postiga, aos 71 minutos, e foi expulso, aos 83, em ambos os casos sob um coro de assobios, ainda que último repartido com árbitro Pedro Proença.

Enquanto o Sporting obteve a maior goleada na Liga, marcando mais um golo relativamente ao 4-0 ao Belenenses, na 22.ª jornada, o Rio Ave sofreu a terceira derrota consecutiva, a segunda com cinco golos sofridos, depois dos 5-1 encaixados há uma semana na receção ao Olhanense.

Com João Moutinho e Miguel Veloso de regresso ao “onze”, depois de terem cumprido um jogo de suspensão na Madeira, o futebol ofensivo dos “leões” ganhou maior fluidez, premiada com um golo marcado logo aos sete minutos, por Yannick.

O avançado inaugurou o marcado com um forte remate já no interior da área vilacondense, concluindo uma boa jogada coletiva do clube lisboeta, que passou por mais três jogadores: Miguel Veloso. Liedson e Hélder Postiga.

Liedson poderia ter aumentado a vantagem, aos 23 minutos, depois de contornar um defesa adversário com insuspeita facilidade, mas o “chapéu” ao guarda-redes Carlos perdeu-se sobre a barra.

O avançado brasileiro voltou a colocar em sentido o guardião visitante à passagem da meia hora e concretizou a ameaça aos 40 minutos, com desvio de cabeça irrepreensível, correspondendo a um cruzamento não menos modelar de Hélder Postiga.

Tal como aconteceu na primeira parte, Yannick não demorou para faturar após o intervalo, aumentando para 3-0, aos 56 minutos, na sequência de uma boa assistência de Liedson.

Aos 66 minutos, nova jogada exemplar dos anfitriões resultou no 4-0, marcado por João Moutinho com um colocado remate de fora da área, e Yannick chegou ao “hat-trick”, aos 75, com um remate acrobático, de novo após uma passe decisivo de Liedson.

A expulsão de Izmailov, por falta perigosa sobre Chidi, permitiu ao Rio Ave, que, apesar dos desaires recentes, ainda se mantém longe dos lugares de despromoção, visar a baliza de Rui Patrício, mas o guarda-redes do Sporting conseguiu neutralizar as tentativas vilacondenses.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.