Sócrates anuncia medidas contra criminalidade violenta

Sócrates anuncia medidas contra criminalidade violenta

 

Lusa/AO Online   Nacional   5 de Nov de 2009, 10:20

O 1º Ministro  anunciou hoje a criação de extensões das unidades especiais da PSP e GNR para combate à criminalidade violenta.

Sócrates anunciou igualmente  a criação de uma brigada de investigação tecnológica, instituindo também códigos de conduta anti-corrupção na administração e empresas públicas.

O combate à corrupção e à criminalidade violenta foi um dos temas em foco no discurso de José Sócrates na abertura do debate do programa do Governo.

"O Estado tem o dever de dar resposta às novas formas de criminalidade violenta. Criaremos, por isso, extensões das unidades especiais da PSP e da GNR para funções de patrulhamento nos distritos de Lisboa, Setúbal e Porto", declarou o primeiro-ministro.

Ainda na área do Ministério da Administração Interna, Sócrates adiantou que serão lançados anualmente concursos para a admissão de elementos para as forças de segurança, "Não deixando o executivo de reforçar os meios e os equipamentos colocados à sua disposição".

"Criaremos, também, a Brigada de Investigação Tecnológica para enfrentar as novas formas de criminalidade cibernética, a pirataria informática e a pornografia infantil", acrescentou.

No domínio do combate à corrupção, o primeiro-ministro começou por deixar um recado aos partidos da oposição, dizendo que o executivo estará disponível "para considerar os aperfeiçoamentos legais que se relevem ajustados e e necessários".

"Mas há um trabalho a fazer no domínio da prevenção da corrupção. É tempo de instituir na administração e nas empresas públicas verdadeiros códigos de conduta e medidas de prevenção dos riscos de corrupção", disse.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.