Administração Pública

Sindicato garante que trabalhadores não vão criar guerra com Governo


 

Lusa / AO online   Economia   13 de Jan de 2010, 11:41

A Frente Sindical da Administração Pública (FESAP) garantiu esta quarta-feira que os trabalhadores do sector "não irão entrar em guerra" na tentativa de igualar o seu modelo de avaliação àquele que foi alcançado na Educação.
"Que fique bem claro: não vai haver guerra", declarou o presidente do sindicato, Nobre dos Santos, aos jornalistas.

A FESAP reuniu-se esta manhã com o secretário de Estado da Administração Pública, Gonçalo Castilho dos Santos, para analisar o modelo de avaliação dos funcionários públicos, nomeadamente, o capítulo referente à ponderação curricular.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.