Silvio Berlusconi deixou hospital

Silvio Berlusconi deixou hospital

 

Lusa/AO Online   Internacional   17 de Dez de 2009, 14:30

O primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi deixou hoje o hospital San Raffaele de Milão, onde se encontrava hospitalizado desde domingo depois de ter sido vítima de uma agressão.

O chefe de Estado italiano abandonou o hospital de carro, tendo saudado os jornalistas que se encontravam no exterior.

Berlusconi dirigiu-se posteriormente para a sua residência em Arcore, nos arredores de Milão, onde deverá permanecer em total repouso durante os próximos 15 dias, segundo as recomendações dos médicos.

Entretanto, o primeiro-ministro italiano emitiu um comunicado a apelar ao diálogo político.

"Tive duas coisas nos últimos dias, o ódio de alguns e o amor de muitos italianos", afirmou o chefe de Estado, pedindo o início de "uma nova era de diálogo".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.