Sessenta por cento dos infectados com VIH/SIDA na África subsaariana são mulheres


 

Lusa / AO online   Internacional   3 de Mai de 2010, 15:50

Na África subsaariana, 60 por cento dos infectados com VIH/SIDA são mulheres e há países onde a proporção atinge dois terços, quando a nível mundial são 50 por cento, revelou esta segunda-feira um coordenador do programa da ONU sobre a epidemia.
Pedro Chequer, coordenador do programa ONUSIDA no Brasil, defendeu que estes dados mostram a importância de "apostar na protecção da mulher", sobretudo nos países em desenvolvimento, como forma de travar a epidemia.

"A redução da violência contra a mulher aparece como a acção que pode produzir melhores resultados", insistiu este epidemiologista, que falava em representação do programa global das Nações Unidas na II Conferência ministerial de responsáveis pela igualdade de género dos países da CPLP.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.