Educação

Sem novas garantias não há acordo


 

Lusa / AO online   Nacional   6 de Jan de 2010, 14:45

As federações sindicais de professores esperam receber quinta-feira do Ministério da Educação a garantia de que todos os docentes avaliados com Bom chegam ao topo da carreira em tempo útil, caso contrário não há acordo
Contrariamente às anteriores rondas negociais, os sindicatos não receberam até ao momento uma contra-proposta do Governo para a reunião que deverá ser decisiva, no que toca a um acordo sobre os mecanismos relativos à avaliação de desempenho e progressão na carreira docente.

Tanto a Federação Nacional dos Professores (FENPROF) como a Federação Nacional dos Sindicatos da Educação (FNE) mantêm a expectativa sobre o novo texto que lhes foi prometido pela equipa do Ministério da Educação.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.