Mundial de Râguebi

Seleccionador dos "All Blacks" com os dias contados


 

Lusa / AO online   Outras modalidades   8 de Out de 2007, 15:45

O seleccionador da Nova Zelândia, Graham Henry, vai abandonar o cargo no final do ano após a derrota com a anfitriã França (20-18), nos quartos-de-final do Mundial de râguebi, revelou hoje federação local.
    Sob o comando de Henry desde 2003, os "All Blacks", que "cilindraram" Portugal por 108-13 no segundo jogo do Grupo C, efectuaram a pior campanha de sempre em Taças do Mundo, ao falharem pela primeira vez na sua história a qualificação para as meias-finais da prova.

    "Vamos ter um novo treinador antes do Natal. Assumo a responsabilidade pelo que aconteceu, mas não quero tomar uma decisão imediata sobre o novo técnico", afirmou o presidente da Federação Neo-zelandesa de Râguebi (NZRU), Jock Hobbs.

    A Nova Zelândia, que lidera o ranking do IRB, era considerada à partida a grande favorita para a conquista da taça Webb Ellis, título que foge aos "All Blacks" desde 1987, mas acabou surpreendentemente por ficar pelos "quartos", eliminada por uma agressiva formação francesa, que recuperou de uma desvantagem de 13-3 ao intervalo.

    Na fase de grupos, a formação do "haka" tinha "oferecido" à selecção portuguesa, na primeira participação em Mundiais, a sua pior derrota de sempre (95 pontos de diferença).

    Até à data, o pior resultado da Nova Zelândia tinha sido um quarto lugar no Mundial1999, disputado no País de Gales.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.