Medicamentos

Seis por cento dos cibernautas portugueses já compraram on-line

Seis por cento dos cibernautas portugueses já compraram on-line

 

Lusa / AO online   Nacional   21 de Jan de 2010, 09:18

Seis por cento dos cibernautas em Portugal já compraram medicamentos pela Internet, um número considerado "significativo" pela Autoridade Nacional do Medicamento, que alerta que alguns destes remédios podem provocar problemas graves de saúde ou até a morte.
Cerca de 46 por cento dos medicamentos comprados on-line destinam-se ao emagrecimento e 16,7 por cento são anti-depressivos, revela a primeira sondagem realizada em Portugal sobre o número de portugueses que compram remédios através da Internet, divulgada hoje pelo Infarmed.

Cerca de 15 por cento dos inquiridos compram medicamentos para “aumento muscular”, 6,2 por cento para a “impotência sexual” e 4,2 por cento para as doenças oncológicas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.