SATA assegura transporte de emergência médica apesar da greve


 

Lusa / AO online   Regional   2 de Jul de 2010, 12:29

 A SATA-Air Açores, cujos tripulantes de cabine estão desde hoje em greve, têm de garantir todo o transporte de emergência médica que não possa ser assegurado nos voos de serviços mínimos previstos para os quatro dias de paralisação

Nos termos do acórdão do tribunal de arbitragem que define as obrigações dos trabalhadores durante a paralisação, a que a agência Lusa teve acesso, a companhia que detêm o exclusivo das ligações aéreas no arquipélago tem de garantir duas aterragens e descolagens diárias em S. Miguel e Terceira e uma aterragem e descolagem em cada uma das outras ilhas, com excepção do Corvo no sábado e domingo.

 

Entre os argumentos avançados para fundamentar os serviços mínimos estabelecidos, o documento salienta a existência no arquipélago de meios alternativos ao transporte aéreo para deslocações entre as ilhas, nomeadamente carreiras marítimas asseguradas pela Atlanticoline.

 

Fundamenta também com o facto de dois dos dias de greve coincidirem com o fim-de-semana, tornando “mais improvável a ocorrência de situações que justifiquem eventualmente assegurar necessidades impreteríveis”, como a “deslocação de doentes para consulta externa noutra ilha”.

 

Segundo a transportadora aérea açoriana, a greve dos cerca de 40 tripulantes de cabine vai afectar até segunda-feira cerca de 17 000 passageiros, estando em causa um total de 220 voos entre as ilhas açorianas e entre Ponta Delgada, Funchal, Faro e Canárias, realizados em equipamentos da Sata-Air Açores.

 

A paralisação convocada pelo Sindicato do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) visa obrigar a transportadora a cumprir o que está previsto no acordo de empresa em matéria de evolução na carreira profissional dos tripulantes de cabine.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.